Blog

Controle do peso antes e depois da cirurgia plástica

Controle do peso antes e depois da cirurgia plástica

Por: - Cirurgião Plástico - CRM/SC 8130 RQE 2674
Publicado em 13/04/2017 - Atualizado 08/02/2019


Um equívoco comum repetido pelas pessoas é o de que realizar uma cirurgia plástica seja suficiente para alcançar a aparência desejada. Na verdade, é preciso ter controle do peso antes e depois da cirurgia plástica. Ou seja, não se trata apenas de deitar-se na mesa de cirurgia e aguardar os resultados, dias ou semanas depois. Além de uma preparação intensa para o procedimento em si, o organismo e a aparência nunca estarão totalmente cuidados sem a tríade “bons hábitos, alimentação adequada e exercícios físicos regulares”.

Não existe um protocolo oficial que diga qual é, exatamente, o peso ideal para realizar um procedimento cirúrgico. O que temos é um consenso entre especialistas: os resultados são melhores quando a paciente está estável em seu peso ideal e permanece com ele depois da cirurgia, sem grandes oscilações.

Por que o controle do peso antes e depois da cirurgia plástica é importante

Pessoas obesas ou com sobrepeso estão, indiscutivelmente, sujeitas a mais riscos quando realizam uma cirurgia. Estar acima do peso é fator de risco para problemas cardiovasculares, pode dificultar a anestesia e complicar a cicatrização, já que a gordura em excesso tensiona a pele e os tecidos.

Além disso, é importante entender que nenhum procedimento da cirurgia plástica tem o emagrecimento como finalidade. O propósito é, sempre, a melhoria do contorno e do aspecto corporal. Com as cirurgias que removem gordura, por exemplo, muitos pacientes acreditam que reduzirão o peso. Mesmo que a gordura seja aspirada e o excesso de pele seja retirado, a massa corporal permanecerá praticamente igual ao que era anteriormente. Tratar a gordura localizada não significa, necessariamente, emagrecer. Por isso, é fundamental estar dentro ou próxima do peso ideal antes de passar por uma cirurgia plástica.

Mas qual é o peso ideal, afinal? De forma generalista, ele pode ser calculado através do Índice de Massa Corporal (IMC). Na prática, é o peso que a paciente vai manter com mais facilidade, para preservar os resultados, e que não ofereça riscos durante e depois do procedimento cirúrgico.

Da mesma forma, se o controle do peso antes e depois da cirurgia plástica não for feito, pode haver perda dos resultados, alargamento das cicatrizes e a formação de estrias.

Além disso, o cirurgião plástico pode se negar a realizar o procedimento caso julgue que o sobrepeso apresenta riscos para a saúde da paciente (e para evitar que as expectativas sejam frustradas). A cirurgia plástica serve, apenas, para aperfeiçoar os contornos e o aspecto do corpo, e seus resultados precisam de manutenção.

O controle do peso antes e depois da cirurgia plástica, através de uma alimentação equilibrada e de uma boa hidratação, prepara o organismo e o ajuda a recuperar-se, diminuindo o risco de complicações.

Material escrito por:
Cirurgião Plástico - CRM/SC 8130 RQE 2674

Formado em medicina pela UFSC e mestre em Cirurgia Plástica pela USP, o Dr. Evandro Parente dedica sua carreira para aliar o relacionamento de confiança com seus pacientes e a qualidade nos resultados. É membro titular da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, da qual foi presidente na regional Santa Catarina.