Blog

Cuidados no verão para quem fez cirurgias no inverno

Cuidados no verão para quem fez cirurgias no inverno

Por: - Cirurgião Plástico - CRM/SC 8130 RQE 2674
Publicado em 07/12/2018 - Atualizado 07/03/2019


De acordo com a Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP),  no inverno as cirurgias plásticas tendem a aumentar em até 50%. Mas a atenção ao procedimento não deve acontecer apenas na estação mais fria do ano.

O pós-operatório é essencial e os cuidados precisam ser tomados por até um ano após a cirurgia, média de quando os procedimentos atingirão seu estado natural. Saiba o porquê neste artigo.  

Por que fazer cirurgia plástica no inverno?

preferência em realizar a cirurgia plástica no inverno é justificada pelo clima frio, em que o paciente pode se cobrir com mais roupas no pós operatório, além de não sofrer tanto incômodo pelas cintas modeladoras. Além disso, o inchaço costuma ser menor, devido às temperaturas amenas, e, quem está de férias, pode dedicar um tempo maior para a recuperação.

Outro fator relevante é que quando uma cirurgia plástica é realizada no inverno,  o paciente já terá passado pela recuperação mais intensa no verão e poderá usufruir dos resultados do procedimento de maneira mais satisfatória.

Entretanto, é fundamental que os cuidados após a cirurgia plástica continuem para que o organismo se recupere completamente. Mas como será que isso deve ser feito durante o verão?

Cirurgias no inverno precisam de cuidados com o sol

O clima agradável do inverno é muito propício para a recuperação da cirurgia plástica, o que também permite que o paciente fique em repouso por mais tempo. Quando não há complicações, a recuperação de uma cirurgia plástica costuma durar, no mínimo, três meses.

Com a chegada do verão, a tendência de quem realizou uma cirurgia plástica é querer expor os resultados conquistados. Mas a incidência do sol pode ser um fator agravante para as cicatrizes, por exemplo.

Cuidado com as cicatrizes

De maneira geral, após uma cirurgia plástica, é fundamental cuidar das incisões e cortes para que não haja complicações na cicatriz. Seja decorrente da prótese de siliconeabdominoplastia ou um procedimento realizado na face, a incidência do sol na cicatriz pode deixá-la escura e favorecer o aparecimento de manchas roxas.

Esse é um cuidado que deve ser intenso nos primeiros 30 dias após o procedimento. Mesmo após o inchaço do pós operatório desaparecer completamente, é importante que a região não se submeta à incidência solar intensa por um ou até dois anos, dependendo de cada organismo.

Por isso, para tomar sol tranquilamente sob a cicatriz, esta precisa amadurecer, deixando o aspecto avermelhado e se aproximando da cor natural da pele. Caso a exposição ao sol seja inevitável, o ideal é cobrir a cicatriz com algum tecido ou curativo e passar filtro solar na marca.                                   

Além dos cuidados com o sol, é muito importante cuidar da alimentação e aumentar a ingestão de água para hidratar o corpo e não ganhar peso.

Fisioterapia dermatofuncional

Outro fator importante para buscar os melhores resultados da cirurgia plástica é realizar procedimentos de fisioterapia dermatofuncional, que tem um papel muito importante no alcance dos resultados. A especialidade abrange uma série de técnicas, como massoterapiadrenagem linfática e termoterapia, que são muito eficientes para dar continuidade aos resultados do procedimento que foi realizado.

A fisioterapia dermatofuncional ajuda no combate à retenção de líquidos, na melhora da circulação sanguínea, estimula maiores cuidados com a pele, além de prevenir o aumento de peso.

Ao mesmo tempo que cuida do corpo, a fisioterapia dermatofuncional também cuida da mente e do bem estar do paciente. Isso porque, além de ajudar na recuperação do procedimento, a fisioterapia pode ser bastante eficiente durante o verão, quando os excessos alimentares de festas de fim ano tendem a ser maiores.

É importante salientar que os cuidados devem ser tomados antes mesmo de realizar a cirurgia. Os cuidados começam com a escolha do  cirurgião plástico que realizará seu procedimento. O profissional deverá tirar dúvidas e orientar na recuperação da sua cirurgia, tudo com base nas suas características individuais.

Se você quiser saber mais como se cuidar no verão, leia o nosso blog.

Material escrito por:
Cirurgião Plástico - CRM/SC 8130 RQE 2674

Formado em medicina pela UFSC e mestre em Cirurgia Plástica pela USP, o Dr. Evandro Parente dedica sua carreira para aliar o relacionamento de confiança com seus pacientes e a qualidade nos resultados. É membro titular da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, da qual foi presidente na regional Santa Catarina.