Blog

Dieta para perder peso pode resultar em flacidez

Dieta para perder peso pode resultar em flacidez

Por: - Cirurgião Plástico - CRM/SC 8130 RQE 2674
Publicado em 20/11/2017 - Atualizado 08/02/2019


Quando fazemos uso de uma dieta para perder peso, é preciso ter um cuidado redobrado para que o corpo não sofra com as consequências desses quilos a menos. Eliminar 10, 20, ou mesmo 30 quilos ajuda (e muito!) na redução de medidas e gordura. Contudo, também pode causar flacidez na pele, fazendo com que ela “sobre” para todos os lados.

É bem verdade que perder os quilos a mais traz muitos ganhos para a saúde. Os ossos ficam fortalecidos, há menor risco de diabetes e derrames e  proporcionauma vida mais longa. Contudo, há desafios que aparecem logo após a eliminação dessa gordura, e é preciso estar ciente dos métodos para superá-los.

Com a flacidez não é diferente. Caso você tenha eliminado o excesso de peso, provavelmente será lembrado disso fisicamente, com o surgimento do excesso de pele e, provavelmente, com estrias.

Infelizmente, para as pessoas que perdem muitos quilos, não há nada que se possa fazer para evitar a flacidez. Contudo, eliminar o excesso de pele é possível com o uso de algumas técnicas. E a escolha da melhor técnica envolve diversos fatores. Dentre eles, a quantidade de quilos perdidos, idade, quantas vezes engordou e emagreceu (efeito sanfona) e com que velocidade perdeu peso.

Como fazer dieta para perder peso sem causar flacidez

É possível eliminar o excesso de peso com dieta, sem que a flacidez apareça. Para isso, é preciso seguir algumas dicas do que se deve, ou não, fazer na sua rotina diária:

Pratique exercícios físicos

Juntamente com a dieta para perder peso, procure praticar atividades físicas.  Essa atitude irá afastar o sedentarismo e ajudará na prevenção da flacidez, oferecendo à musculatura do corpo sustentação e tonicidade. Dê prioridade para exercícios como a musculação, que auxilia na prevenção da flacidez em locais específicos do corpo, como barriga e braços.

Escolha uma dieta equilibrada e rica em nutrientes

A escolha dos alimentos reflete na sua aparência. Para combater a flacidez, é necessário ter conhecimento sobre alimentação saudável e dar preferência a essas escolhas. Além disso, é preciso evitar certos tipos de alimentos que prejudicam a saúde da sua pele. Uma dieta que não causa flacidez deve conter verduras, frutas, legumes e proteínas magras.

Mantenha seu peso estável

Na juventude, a pele é capaz de retornar ao seu estado normal após a perda de muito peso. Mas, com a idade avançada, no entanto, ela já não tem essa eficiência e uma perda de peso muito grande pode deixar a pele permanentemente flácida.

Para evitar a flacidez ao se fazer dieta para perder peso, procure não perder peso de maneira muito rápida. Perdas graduais, de até um quilo por semana, permitirão que a pele volte ao normal aos poucos, evitando o aspecto de pele caída e flácida.

Faça sessões de massagem

A massagem contribui para combater e prevenir a flacidez da pele. A drenagem linfática e a massagem modeladora, além de atuar  contra a flacidez, ainda ajudam a eliminar toxinas, diminuir inflamações e melhorar a circulação sanguínea.

Outro benefício da massagem é combater as gorduras localizadas, colaborando na redução de medidas. Para obter esses resultados, você deve realizar pelo menos 10 sessões, sempre com um profissional capacitado.

Hidrate-se

Uma dieta para perder peso, necessariamente, inclui a hidratação. A maior parte do corpo humano é constituída por água, e a elasticidade da pele está intimamente ligada a níveis máximos de hidratação.

É possível evitar a flacidez e maximizar a elasticidade da pele mantendo uma boa hidratação durante a perda de peso. Já uma pele pouco hidratada possui uma elasticidade bem menor, sendo incapaz de voltar a sua forma normal durante a eliminação de gordura.

Não esqueça! Consulte sempre um nutricionista antes de iniciar qualquer tipo de dieta. Esse cuidado irá garantir que a sua saúde não seja prejudicada, e sim, beneficiada com a perda de peso.

Como eliminar a flacidez causada pela cirurgia bariátrica?

A cirurgia bariátrica é uma ótima alternativa para as pessoas com excesso de peso que buscam saúde, porém, não conseguem eliminar gordura apenas com dieta e exercícios. Ela ajuda a melhorar fatores de risco como pressão alta, diabetes, colesterol alto, dificuldade de locomoção e fadiga, além da melhora na forma física.

Contudo, o procedimento faz com que a pessoa tenha uma grande perda de peso. Para a maioria das pessoas, a consequência é o surgimento de excesso de pele. E este excesso pode surgir no abdômen, nos braços, nas nádegas, na virilha e  nos seios.

Mas é possível realizar a cirurgia bariátrica e garantir que a flacidez não seja um incômodo por muito tempo. Para isso, é recomendado realizar o procedimento chamado de cirurgia pós-bariátrica.

A pós-bariátrica melhora a forma e o tônus do tecido subjacente. Remove, também, o excesso de gordura e flacidez da pele, resultando em uma aparência corporal com contornos mais suaves.

Os procedimentos necessários dependerão das características que precisam de correção. Lifting da parte inferior do corpo, elevação da mama, lifting de braço e lifting de coxa são os mais comuns.

A cirurgia é indicada para pessoas com peso estável, pois um constante ganha/perde de peso pode ocasionar o retorno da flacidez. Indivíduos que voltam a ganhar peso podem estressar a pele enfraquecida, causando estrias e cicatrizes. A manutenção do resultado também depende do tipo de pele e de algumas características hereditárias.

Material escrito por:
Cirurgião Plástico - CRM/SC 8130 RQE 2674

Formado em medicina pela UFSC e mestre em Cirurgia Plástica pela USP, o Dr. Evandro Parente dedica sua carreira para aliar o relacionamento de confiança com seus pacientes e a qualidade nos resultados. É membro titular da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, da qual foi presidente na regional Santa Catarina.