Blog

Projeto Mama Solidária atende seis pacientes em outubro

Projeto Mama Solidária atende seis pacientes em outubro

Por: - Cirurgião Plástico - CRM/SC 8130 RQE 2674
Publicado em 03/10/2018 - Atualizado 08/02/2019


O projeto Mama Solidária está de volta em 2018! As pacientes que estão na espera da fila de hospitais públicos para realizar uma cirurgia de reconstrução das mamas serão beneficiadas pelo projeto. O Mama Solidária é realizado por um grupo de profissionais voluntários sensibilizados pela dificuldade de acesso à cirurgia dessas pacientes.

O cirurgião plástico Doutor Evandro Luiz Mitri Parente, membro titular da Sociedade de Cirurgia Plástica e mestre em Cirurgia Plástica pela USP e coordenador do mutirão do projeto em Florianópolis, nos explica sobre a importância da reconstrução mamária para o tratamento de câncer de mama. Confira:

O que é o projeto mama solidária?

Muitas mulheres vítimas do câncer de mama necessitam passar pelo processo da mastectomia, onde a mama é toda retirada para o combate do tumor. Entretanto, as inúmeras pacientes que passam por esse tipo de câncer, muitas vezes, acabam impossibilitadas de reconstruir a mama. Isso interfere diretamente em sua autoestima e bem estar, mesmo quando a doença já se encontra em estado remissivo.

Por essa razão, o Projeto Mama Solidária, promove uma iniciativa emocionante, capaz de ajudar uma série de mulheres afetadas pela retirada da mama.

De acordo com o Dr. Parente, os procedimentos realizados são destinados às pacientes que ainda estão na fila da espera do SUS para realizar a cirurgia de reconstrução mamária ou às pacientes que iniciaram o processo, mas por algum motivo, não concluíram. A vaga de urgência para participar do mutirão é preferida às mulheres que ainda estão em tratamento do câncer.

Iniciativas semelhantes são realizadas em todo o país simultaneamente. São inúmeros voluntários envolvidos, desde cirurgiões plásticos, enfermeiros, clínicas, hospitais públicos e empresas que doaram medicamentos e próteses.

O que é a cirurgia de reconstrução mamária?

Na maioria das vezes, a cirurgia de reconstrução mamária é realizada em decorrência do câncer de mama, que leva a mastectomia. Esse procedimento, geralmente, implica em mais de uma etapa cirúrgica para a conclusão efetiva do processo.

A cirurgia de reconstrução mamária pode ser realizada por meio de uma prótese de silicone ou pela transposição de tecidos, pele ou gordura de outras regiões do corpo, como abdômen ou pele das costas. “A cirurgia por transposição é mais elaborada, porém, em alguns casos terá uma indicação mais precisa para a reconstrução”, explica o cirurgião.

É importante avaliar cada caso separadamente. Assim, o cirurgião plástico poderá orientar qual a melhor opção para cada situação.

Reconstrução mamária não é estética

É fundamental esclarecer que a cirurgia de reconstrução mamária não é um procedimento estético. É uma cirurgia muito importante, responsável por devolver à paciente com câncer de mama a volta de um símbolo feminino de bastante força. Além disso, traz novamente a autoestima da paciente e melhora sua saúde psicológica.

Segundo o Dr. Parente, a cirurgia de reconstrução mamária é um processo que faz parte do tratamento do câncer de mama, já que para a paciente se sentir efetivamente tratada, ela precisa ter a mama reconstruída. “Em pleno século XXI, é inadmissível que essas mulheres não tenha esse tipo de acesso”, afirma o cirurgião plástico.

Combate ao câncer de mama

É importante conscientizar as mulheres que o câncer de mama pode ser prevenido. Para mulheres que possuem antecedentes familiares de câncer de mama, a investigação do problema deve começar mais cedo.

Além disso, o  acompanhamento médico regular, juntamente com os exames de mamografia e a prática do autoexame da mama, podem fazer a diferença em um diagnóstico precoce. Isso facilita a eficácia do tratamento e as chances de remissão da doença.

 

Gostou do artigo? Compartilhe com as mulheres que você ama, cuidado é uma grande forma de demonstrar carinho.

Material escrito por:
Cirurgião Plástico - CRM/SC 8130 RQE 2674

Formado em medicina pela UFSC e mestre em Cirurgia Plástica pela USP, o Dr. Evandro Parente dedica sua carreira para aliar o relacionamento de confiança com seus pacientes e a qualidade nos resultados. É membro titular da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, da qual foi presidente na regional Santa Catarina.

Falar pelo WhatsApp