Blog

Quando fazer a reconstrução mamária?

Quando fazer a reconstrução mamária?

Por: - Cirurgião Plástico - CRM/SC 8130 RQE 2674
Publicado em 02/10/2018 - Atualizado 08/02/2019


Graças à evolução da cirurgia plástica, a reconstrução mamária tornou-se uma opção muito importante para pacientes que passaram pelo câncer de mama.

Na grande maioria dos casos desse tipo de câncer, a mulher precisa retirar a mama completamente, o que chamamos de mastectomia. A mastectomia, por sua vez, acontece, principalmente, quando o caso da paciente não atende mais à cirurgia conservadora da mama, ao que chamamos de lumpectomia, na qual uma grande parte da mama é poupada.

Assim, após passar por esse episódio doloroso, é possível que a mulher volte a ter seios como antes, graças ao procedimento de reconstrução mamária. Mas como será que funciona esse procedimento? Existe alguma restrição? E os resultados? Vejamos a seguir, informações importantes para quem deseja passar por esse tipo de cirurgia.

A decisão pela reconstrução mamária

É necessário explicar que existem diversas maneiras de reconstruir a mama. Dessa forma, algumas considerações importantes no momento de passar pela reconstrução mamária serão discutidas entre o médico e o paciente.

Serão discutidas as informações e expectativas em relação ao tamanho das novas mamas, assim como o seu tamanho original e o estado de saúde geral da paciente. Além disso, o médico irá orientar a paciente sobre as melhores maneiras de recorrer à reconstrução mamária.

Como pode ser realizada a reconstrução mamária?

Diversas técnicas de cirurgia plástica irão restaurar a mama perdida, considerando a aparência, a forma e o tamanho resultante após a mastectomia.

Assim, a reconstrução mamária poderá ser realizada por meio de implantes mamários ou por meio de enxertos de retalhos cutâneos. Muitas vezes, é possível que o cirurgião indique uma combinação de ambos os procedimentos, para obter o melhor resultado para cada situação. Poderá ser indicada também a reconstrução da aréola e o mamilo para resultados ainda mais próximos com a mama original.

Quando realizar a reconstrução mamária?

A reconstrução mamária poderá ser feita de forma imediata ou tardia. Vejamos como é feito o procedimento em cada uma das situações.

Reconstrução mamária imediata

Na reconstrução mamária imediata, o processo acontece juntamente com a mastectomia ou, pelo menos, pode ser iniciado nesse momento.

Nesse caso, os tecidos da parede torácica serão menos afetados pela má cicatrização ou efeitos da radioterapia. De uma maneira geral, quando é possível realizá-la, os resultados costumam ser bastante favoráveis.

Reconstrução mamária tardia

Já a reconstrução mamária tardia se dá quando o processo é feito um tempo após a retirada da mama, já que a maioria de seus pacientes deverá passar pela radioterapia após a mastectomia.

É uma opção para quem deseja passar por todo o tratamento do câncer primeiramente, para depois reconstruir a aparência das mamas. Além disso, caso o médico sugira a espera para tratar algum outro problema de saúde, o ideal é realizar a reconstrução mamária posteriormente.

Converse com o seu médico

A conversa sincera com o seu médico é um momento muito importante antes de recorrer à reconstrução mamária. O cirurgião plástico escolhido deve ser eficiente e tirar todas as dúvidas da paciente, assim como alertá-la sobre as informações necessárias do procedimento.

Além disso, é fundamental que a paciente esteja tranquila em relação ao câncer e ao impacto emocional de obter novas mamas. A recomendação médica ainda irá avaliar se a paciente tem problemas com cicatrização.

Gostou do tema? Entre em contato em caso de dúvidas ou para marcar uma consulta.

 

Material escrito por:
Cirurgião Plástico - CRM/SC 8130 RQE 2674

Formado em medicina pela UFSC e mestre em Cirurgia Plástica pela USP, o Dr. Evandro Parente dedica sua carreira para aliar o relacionamento de confiança com seus pacientes e a qualidade nos resultados. É membro titular da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, da qual foi presidente na regional Santa Catarina.

Falar pelo WhatsApp