Blog

Tratamento para flacidez: você já ouviu falar no body lifting?

Tratamento para flacidez: você já ouviu falar no body lifting?

Por: - Cirurgião Plástico - CRM/SC 8130 RQE 2674
Publicado em 13/02/2018 - Atualizado 08/02/2019


Este é um tratamento para flacidez que é realizado por meio de cirurgia. A técnica promove um contorno corporal e está indicada para os/as pacientes que, independentemente do motivo, tiveram uma redução significativa de peso, por meio de dietas ou de cirurgias como a bariátrica e a gastroplastia, cirurgias realizadas em pacientes com sobrepeso.

O body lifting remove o excesso de gordura de regiões como o abdômen, os flancos e o dorso, reduzindo, assim, a flacidez resultante do emagrecimento acentuado.

Indicações do tratamento para flacidez por meio do body lifting

O tratamento para flacidez, por meio do body lifting, é indicado para as pessoas que não estão se sentindo à vontade com o seu corpo, em virtude do aspecto flácido e de seu contorno corporal. Este procedimento cirúrgico melhora a aparência visual e promove um contorno mais definido, reduzindo a flacidez causada pelo emagrecimento. Além disso, é indicado para:

  • indivíduos com flacidez significativa dos tecidos moles em uma ou várias áreas do corpo;
  • indivíduos saudáveis que não tenham condições médicas que possam prejudicar a cicatrização ou aumentar o risco de cirurgia;
  • não fumantes;
  • indivíduos com atitude positiva e expectativas realistas do resultado cirúrgico;
  • indivíduos empenhados em levar uma vida saudável, incluindo alimentação adequada e boa forma.

O body lifting ajuda, ainda, no aumento da autoestima e promove uma autoimagem corporal mais positiva no/a paciente. Neste sentido, é essencial que se discuta as expectativas de forma bastante clara com o cirurgião plástico e que se esclareça todas as dúvidas durante as consultas iniciais.

O paciente tem seu estado de saúde avaliado, além de antecedentes médicos e familiares, condições do abdômen e do dorso, em relação à gordura, tônus da pele, presença de cicatrizes, musculatura, dentre outros dados, antes da cirurgia. É importante informar sobre uso de cigarros, medicamentos, vitaminas e outras drogas.

Como é realizada a cirurgia de body lifting?

Etapa 1 – Anestesia

A anestesia é administrada para o conforto do paciente, durante o procedimento cirúrgico. As opções incluem a sedação intravenosa e a anestesia geral. O cirurgião plástico irá recomendar a melhor opção, dependendo de cada caso.

Etapa 2 – Incisão

O comprimento da incisão e o padrão dela dependerão da quantidade e da localização do excesso de pele a ser removido, assim como a preferência pessoal do/a paciente e o julgamento do cirurgião plástico. Um body lifting completo pode tratar a flacidez nas nádegas, no abdômen, na cintura, nos quadris e nas coxas, em um mesmo procedimento. Uma incisão circular, em torno do corpo, remove o avental de pele e de gordura em excesso, reposiciona e define os tecidos. Após, o cirurgião sutura os cortes.

Etapa 4 – Resultados

Alguns resultados do body lifting são visíveis quase que imediatamente. Mas pode levar até dois anos para que os resultados finais apareçam completamente.

Como fica a cicatriz do body lifting?

A forma da retirada e o posicionamento das cicatrizes resultantes dessa cirurgia dependem da avaliação de cada caso, individualmente. Pacientes com flacidez leve podem ser tratados com apenas uma incisão na região anterior do abdômen. Em alguns casos, poderá haver a necessidade de uma incisão circunferencial para a retirada de todo o excesso de pele.

Recomendações pós-operatórias

Após a realização da cirurgia de contorno corporal, o/a paciente receberá orientações quanto aos curativos e banhos, devendo tomar as medicações, conforme a prescrição médica. Os medicamentos recomendados para tomar após a cirurgia devem controlar bem o desconforto e a dor, que são normais, principalmente nos primeiros dias. É indicado andar logo no primeiro dia após a cirurgia e não permanecer muito tempo sentado/a, para não provocar tensão nas cicatrizes.

É possível voltar a dirigir e retornar ao trabalho após 30 dias, caso não haja qualquer contratempo e se o serviço não demandar grande esforço físico. As atividades físicas serão retomadas gradativamente, seguindo um cronograma previamente estabelecido.

Por fim, é válido ressaltar que os resultados do body lifting são duradouros, especialmente quando há a manutenção dos cuidados, como a prática regular de exercícios físicos e uma dieta equilibrada.

Material escrito por:
Cirurgião Plástico - CRM/SC 8130 RQE 2674

Formado em medicina pela UFSC e mestre em Cirurgia Plástica pela USP, o Dr. Evandro Parente dedica sua carreira para aliar o relacionamento de confiança com seus pacientes e a qualidade nos resultados. É membro titular da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, da qual foi presidente na regional Santa Catarina.