Cirurgia de orelha

A otoplastia melhora a forma, a posição ou as proporções de orelhas grandes ou salientes, existentes desde o nascimento ou deformadas em acidentes. Pode ser realizada em crianças ou adultos saudáveis, a partir dos cinco anos de idade.Trata Orelhas muito grandes – uma condição rara chamada macrotia – ou orelhas salientes que ocorrem em um ou ambos os lados, em diferentes graus.

A otoplastia tenta criar uma forma natural, com equilíbrio e proporção às orelhas e à face.
As incisões para otoplastia são feitas geralmente atrás da orelha. Quando são necessárias na parte da frente, são realizadas nas dobras das orelhas para que fiquem escondidas. Internamente, sutura não removível é usada para criar e fixar a cartilagem recém moldada.

Seguir as recomendações do médico é fundamental para o sucesso da cirurgia. É importante que as incisões cirúrgicas não sejam expostas a força excessiva, escoriação ou movimento durante o tempo de cicatrização.

É normal ocorrer desconforto logo após a cirurgia. Pode haver sensação de coceira sob as ataduras. É importante que as mesmas permaneçam intactas e não sejam removidas de modo algum, sob risco de prejudicar o resultado.
Os resultados são visíveis logo após a retirada das ataduras.

Fonte: Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica

Contato

Preencha o formulário abaixo para tirar dúvidas ou agendar uma consulta na Clínica Parente.