Cirurgia de pálpebra

Cirurgia de pálpebra

A cirurgia de pálpebra, também conhecida como blefaroplastia, é um procedimento cirúrgico responsável por proporcionar uma aparência rejuvenescida na área ao redor dos olhos.

Os efeitos são duradouros e eficazes, trazendo um aspecto natural ao paciente, dando a impressão de que o olhar está mais descansado e, ao mesmo tempo, alerta.

Vamos conhecer um pouco mais sobre esse procedimento?

Ouça este conteúdo:

Cirurgia de pálpebra: quando é indicada?

A cirurgia de pálpebra pode ser realizada em homens e mulheres adultos, que apresentem músculos e tecido da face de aspecto saudáveis para realizar o procedimento.

Além disso, é importante que o paciente não seja fumante, esteja isento de patologias que possam prejudicar a cicatrização e não possua condições oculares de alta gravidade.

No entanto, é importante que haja um conversa sincera com o cirurgião plástico, a respeito dos possíveis riscos e resultados que podem ser apresentados após o procedimento, assim como uma melhor indicação para cada caso.

De maneira geral, as condições possíveis de tratar pela blefaroplastia são destinadas a:

  • pele flácida da face, que desenvolve dobras no contorno natural da pálpebra superior, o que muitas vezes pode, até, atrapalhar a visão;
  • corrigir a queda das pálpebras inferiores;
  • remover o excesso de gordura que surge como inchaço nas pálpebras superiores;
  • retirar o excesso de pele e rugas que surgem na pálpebra inferior;
  • corrigir as bolsas sob os olhos.

Assim, ao estabelecer uma conversa direta com o seu cirurgião plástico e receber autorização para realizar a cirurgia de pálpebra, esteja preparado para o pré operatório, que consiste em alguns exames laboratoriais, avaliação de medicamentos atuais e outras condições gerais de saúde.

Como é realizada a cirurgia de pálpebra?

Após a administração da anestesia, que pode ser geral ou intravenosa, as incisões serão feitas, conforme combinado em consulta.

Por exemplo, para corrigir a queda da pálpebra superior, a incisão será na prega da pálpebra superior e será feito um reposicionamento dos depósitos de gordura para a melhor contração dos músculos e tecidos.

Já a correção da pálpebra inferior pode ser feita por uma incisão abaixo da linha inferior ao cílio, retirando o excesso de pele das pálpebras inferiores.

As linhas de incisão da cirurgia de pálpebra são planejadas para deixar as cicatrizes escondidas dentro das estruturas naturais da região das pálpebras, da maneira mais suave possível.

Após a realização do procedimento, as incisões serão fechadas, seja por suturas removíveis ou absorvíveis, seja por adesivos na pele.

Pós operatório

O pós-operatório da cirurgia de pálpebras é simples, embora deva ser realizado com imenso cuidado. Será indicado o uso tópico de uma pomada, além de compressas frias na região. Dependendo do caso, é possível que ainda haja a necessidade de cobrir os olhos com gaze.

Alguns medicamentos para ajudar na cicatrização e reduzir os riscos de infecção também serão recomendados. De qualquer forma, caberá ao cirurgião plástico orientar cada paciente de maneira individualizada.

É importante manter-se cuidadoso às recomendações médicas após a cirurgia, para que os resultados almejados sejam alcançados.

Em quanto tempo é possível observar os resultados?

Os resultados da cirurgia de pálpebras tendem a aparecer de forma gradual, à medida que o inchaço e os hematomas diminuem. Geralmente, conta-se um ano para que as linhas de incisão estejam totalmente refinadas.

Além disso, embora o procedimento corrija determinadas condições de forma permanente, é importante atentar ao paciente que ainda há o envelhecimento natural da pele, o qual não pode ser interferido.

Por isso, ao longo da vida, é preciso que haja proteção solar adequada, para ajudar a manter os resultados mais duradouros possíveis.

No entanto, sempre será possível melhorar o aspecto da pele com os inúmeros procedimentos destinados ao rejuvenescimento.

Saiba fazer a escolha certa do cirurgião

Para contemplar os melhores resultados de uma cirurgia plástica, além de seguir as orientações solicitadas, é fundamental acertar na escolha do cirurgião.

Por isso, certifique-se de seu histórico de cirurgias e faça uma consulta no site da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP) para checar se o especialista é devidamente regulamentado e membro da SBCP.

O que achou do artigo? Entre em contato com a nossa equipe para tirar suas dúvidas!

Contato

Preencha o formulário abaixo para tirar dúvidas ou agendar uma consulta na Clínica Parente.